domingo, 31 de outubro de 2010

DJmag Top 100 ano.2010


http://www.djmag.com/top100




DE NOVO ??????????


1 - Qual o criterio utilizado? Tecnica? repertorio? carisma? marketing pessoal? estilo musical?
2 - Apesar de poder votar pela internet, DUVIDO que a grende maioria de eleitores ja viram TODOS esses djs TOCANDO AO VIVO pra poder opinar quem é o melhor. Lembrando que nao é TOP PRODUCER.
3 - Eu até gosto de EuroTrance.... mas ja faz uns 9 anos ou mais que só dá trance no topo....Engraçado...Pois no tempo que passei pela Europa, nao vi essa força toda não... Portanto... pra mim aí tem coisa.
4 - Realmente a lista tem excelentes djs e produtores.. mas ainda falta um bocado
5 - Jaja Guetta faz parceria com Justin Bieber, Beyonce, Kate Perry, Lady Gaga, e talvez façam um "WE ARE THE WORLD 2" aí ele pula pra primeiro.

MAs..... gosto nao se descute..... Enjoy

2 comentários:

  1. Gunnga!

    Deveria estar escrito assim:

    Top 100 djs comerciais


    Eu não questiono a técnica dos referidos djs. Muito pelo contrário, devem ser muito competentes tecnicamente. Porém, questiono sempre seus repertórios e principalmente o público que os elege.

    Explico:

    Tais djs se destacam por colocarem em evidência musicas pops (babas ou modinhas de estrelas pop) remixadas para agradar justamente os apreciadores desse estilo. Por isso, nunca levo essas listas a sério.

    Meu primo tem o DVD do set deste showman que encabeça a lista dos djs e de boa, só aguentei ouvir 3 músicas. Teclados estridentes e músicas sem nenhuma complexidade, ou melhor dizendo, que qualquer programinha básico de computador faz.

    Lembra dos sets que escutávamos quando os djs que estavam em evidência eram Iraí Campos e Malboro? Nada mais nada menos que o DJ Roberto Marh que cagava pra técnica e humilhava no repertório.

    Qualquer bom conhecedor de música eletrônica sabe que monstros como Allan Wider do DM, James Lavelle do Unkle e Darren Emerson do Underwold quando resolvem discotecar, humilham os Djs em questão, ao menos em repertório.

    Sei que muitos dessa lista sabem e muito do que estou falando, tais como Paul Van Dick e Paul Oakenfold. Mas é muito mais rentável ser o dj top em quantidade de público do que em qualidade de som.

    abraço e boa postagem

    ResponderExcluir
  2. Nem me estresso mais com essa lista, Axwell disse recentemente numa excelente entrevista que eu li pela Ibiza-Voice que SHM realmente é uma jogada de marketing; como o mundo do futebol, o cara não precisa ser lá essas coisas (que não é o caso do SHM), só basta ter um craque gerenciando sua carreira, e muita propaganda.

    Top 100 E-music Producers ia ser + cabível.
    Cabe cada um cair na real, não se alienar e fazer seu top 5, 50, 100.
    Tão pouco se fudendo pra o que vão achar do ranking...

    ResponderExcluir